Dicas de limpeza e conservação dos móveis planejados

Se engana quem acha que para limpar móveis o ideal é usar panos encharcados com água ou produtos de limpeza. Embora seja uma tarefa simples, é necessário atenção para limpar os móveis sem danificá-los. Segundo Vanildo Couto, responsável técnico de produto da Simonetto, empresa especializada em móveis planejados, alguns erros são cometidos por pura falta de informação. “O uso excessivo de água, por exemplo, é prejudicial aos móveis, que tem a madeira como matéria-prima. A umidade é um dos fatores que pode causar danos e até estragar o móvel”, explica Couto.

O consumidor também deve observar os produtos de limpeza usados para a higienização, pois alguns componentes químicos tem alto poder de corrosão e podem resultar no estrago imediato quando aplicados na superfície dos móveis. Vanildo também alerta que substâncias alcalinas como vinagre, limão e sal não devem ser utilizadas. “Esponjas duras e ásperas, palhas de aço e outros objetos pontiagudos também devem ser evitados, pois podem riscar o móvel”, destaca.

Confira a seguir algumas dicas da Simonetto para realizar a limpeza de seus móveis e mantê-los com aspecto de novos:

Nos Armários, Portas e Tampos amadeirados

– Limpe seus móveis regularmente. A poeira acumulada deixa a superfície sem brilho e pode, com o tempo, trazer um aspecto feio ao móvel.

– Para a limpeza, utilize sempre um pano levemente umedecido e nunca molhado. Em seguida, seque bem o local com um pano seco. 

– Para retirar manchas mais resistentes, umedeça o pano com sabão neutro (não-alcalino) e água, ou álcool e água. Depois, seque bem com um pano seco.

– Sempre que lustrar seu móvel, faça movimentos que acompanhem a textura natural dele. Isso irá evitar manchas.

– Só utilize lustra-móveis à base de silicone, pois criam uma camada protetora na superfície. Os coloridos e as ceras podem causar manchas nos móveis.

 Nas peças em Lacca

– Utilize pano limpo e macio levemente umedecido com água morna, apenas o suficiente para aderir a poeira. Em seguida, seque bem, esfregando suavemente a superfície.

– Em caso de manchas mais fortes, use pano umedecido em uma proporção de 50% água e 50% de álcool, também secando logo na sequência com um pano macio.

– Não utilize produtos de limpeza ou álcool puro.

– Limpe com frequência, pois a poeira acumulada pode, com o tempo, deixar a superfície fosca e sem brilho, além de amontoar-se nos encaixes e vãos, deixando um aspecto escuro e dificultando a remoção.

Vidros

– Se o móvel possui divisões em vidro, limpe-os sempre com um pano apropriado com água e detergente neutro.

– Se optar pela utilização de limpa-vidros, não pulverize o produto diretamente na superfície. O líquido pode escorrer e manchar o vidro e acessórios.

Puxadores

– Devem ser limpos com panos macios, levemente umedecidos com água.  Em seguida, passe sempre o pano seco para dar acabamento.

– Nunca utilize nenhum tipo de produto de limpeza ou esponja e outro material abrasivo, pois eles podem riscar os puxadores.

Dobradiças e corrediças

– Conserve-as sempre limpas apenas com pano seco, pois as dobradiças possuem uma camada protetora à base de óleo. O acúmulo de gordura (derivada de frituras), poeira ou umidade, pode prejudicar o bom funcionamento ou ocasionar oxidações ao produto.

– Além do pano seco, você pode usar um pincel de cerdas macias para retirar a sujeira dos cantos mais difíceis. 

Peças esmaltadas e de inox

– Estas peças deverão ser higienizadas com um pano levemente úmido e sabão neutro. Você também pode usar desengordurantes, mas sempre sem cloro ou derivados.

– Ao término da limpeza normal, poderá ser aplicado algum produto específico para a conservação desse tipo de material.

Fonte: Simonetto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima